Notícias

  • Fev

    02

    2021

Poderes se unem a entidades para discutir acessibilidade de Dourados

Os poderes Legislativo e Executivo, com o apoio das entidades e do empresariado, criaram uma comissão para discutir e deliberar normativas sobre a acessibilidade nos setores público e privado de Dourados.

O principal objetivo da união é evitar um gargalo nos serviços de liberação de alvarás, criando uma regulamentação inteligente para atender todos os setores, assegurando a acessibilidade e a proteção dos direitos das pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida.

Durante as duas primeiras reuniões, que foram realizadas no auditório da Associação Comercial e Empresarial de Dourados – ACED, uma proposta foi apresentada e tópicos foram discutidos. Possivelmente, uma minuta será encaminhada pela Prefeitura Municipal à Câmara de Vereadores, para que um Projeto de Lei seja colocado em pauta.  

Participaram dos encontros, Giovani Dal Molin, representando a Câmara de Dirigentes Lojistas, Claudio Renato Padim, representado o CREA-MS; Rafael Araújo Bianchi, representando a Associação de Engenheiros e Arquitetos de Dourados, Francisco Cardoso, representando o SESCON; Helton Bueno Gomes, Adriana Benício e Talyta Moreira, representando a Secretaria Municipal de Planejamento de Dourados; Paulo César dos Santos, representando a Vigilância Sanitária; Antonio Luiz Neto, representando a Associação Nacional dos Distribuidores de Insumos Agrícolas e Veterinários, Roberto Hochica, representando a Associação Douradense das Empresas Imobiliárias, o vereador Fábio Luis da Silva, representando a Câmara Municipal de Dourados; Cleriston José Recalcatti, representando a Secretaria de Desenvolvimento da Prefeitura de Dourados e os diretores da ACED, Nelson Eduardo Hoff Brait e Leandro Belon.