Notícias

  • Mar

    10

    2020

No mês da mulher, ACED e Sebrae realizam o I Chá para Mulheres Empreendedoras

A Associação Comercial e Empresarial de Dourados, em parceria com o Sebrae, realizou nesta segunda-feira, dia 9, o I Chá para Mulheres Empreendedoras de Dourados. O evento faz parte da programação do mês da mulher e contou com a presença da diretora de negócios do grupo Arezzo e co-fundadora da marca Anacapri, Flávia Yumi.

Durante a palestra, Flávia Yumi contou sobre a sua família, o início da sua carreira e as dificuldades de empreender. Desde 2008, Yumi é a grande responsável por ajudar a construir a marca como conhecemos hoje, pois assumiu o comando da empresa desde sua criação.  

“Quando fui convidada a assumir o comando da empresa, eu já sonhava com uma marca jovem. E empreender é fazer diariamente aulas de laboratório. Erramos, acertamos, competimos, mas não podemos desistir. Para mim, a marca precisava ter uma essência, e gostaria que ela fosse inspiradora, autêntica, alegre, coletiva, inclusiva e confiante. Nas lojas, eu queria criar um espaço divertido e prático. Mas, contar sobre essas ideias aqui é muito simples, na prática, ouve muitos erros e choros. Foram anos de luta, porque eu também não tinha uma equipe. Éramos apenas em três mulheres e tudo que fazíamos era teste, até o layout da loja nós mudávamos sempre, vendo o que funcionava ou que não. Somente em 2013 pude pagar por um marketing para melhorar a marca e foi aí que nasceu o lema, descomplica. A marca se estabeleceu e começamos a franquear”, contou Yumi.

Formada em administração, Flavia ganhou uma bolsa de pós-graduação em Paris e acabou como estagiária na Maison Cristian Dior. Logo depois de voltar ao Brasil, foi chamada para atuar como Gerente de Produtos na C&A e ficou na empresa durante cinco anos. Após esse período, o Grupo Arezzo – no qual a marca Anacapri faz parte – surgiu em seu caminho e um ano depois de ter começado a trabalhar, veio o convite para a assumir o comando da empresa.

Além de contar sua história, Yumi também falou sobre o que é mais importante no empreendedorismo, seja para quem quer começar ou para quem já tem um negócio e busca alcançar bons resultados.

“Começar pequeno é necessário, além de testar a aceitação do produto/serviço nas redes sociais, você pode usar o poder dos influenciadores, mas ser resiliente é algo que você precisa ter dentro de si,  além do amor pela equipe, engajá-los e incentivá-los diariamente é muito importante, pois todos são fundamentais para o fortalecimento da marca, e acima de tudo, calcular muito bem todo e qualquer investimento”, disse Flávia Yumi.

Para a diretora de relações públicas da ACED, Cleuza Zornita, o I Chá para Mulheres Empreendedoras foi um sucesso. “Desde o ano passado a diretoria da ACED vem idealizando e organizando esse evento para que tudo saísse perfeito. É uma grande honra podermos trazer uma mulher com uma história tão inspiradora para nossa Dourados. Embora os dados indiquem as mulheres estejam conquistando cada vez mais espaço no mundo dos negócios, ainda existem muitos desafios a serem superados, como o preconceito e o assédio, já que o mundo dos negócios ainda é predominantemente masculino. Mas falar sobre o assunto é necessário, pois precisamos estar mais empoderadas e qualificadas. É através de histórias como essa, que muitas mulheres se encorajam no empreendedorismo”, disse.

O evento, que contou aproximadamente com 140 mulheres, teve o patrocínio da Aço Telha, Anacapri, Buffet Luzly, Chácara Ecológica, Débora Meurer Decoração, Revista Celebrar, Sicredi, Unigran e Yannis Som & Luz e ainda, a parceria de brindes que foram sorteados através das empresas, Fonalhas Pizzaria, Harmonizie, Kopenhagen, RA Camiseteria, Realce Cosméticos, Tupperware, Farmácia Galgani, Cenaic, Senac, Auto Vidros, Espaço Laiser Depilação, Gavic Cosméticos, Pele Natural Cosméticos, Polo Certificadora e Armazém Natural.