Notícias

  • Mai

    11

    2019

Casa da Aced une comércio e agronegócio na 55ª Expoagro

A presidente da Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados), Elizabeth Rocha Salomão, destacou a importância da união entre comércio e agronegócio em prol do desenvolvimento, na abertura da 55ª Expoagro, realizada neste sábado (11). A associação levou para esta edição da feira um projeto novo: a Casa da Aced. “Vemos aqui na Expoagro um retrato do porque o agronegócio tem transformado a economia brasileira através de um setor produtivo moderno, engajado e preocupado com a sustentabilidade e a inovação. Para o nosso comércio, isso é fundamental, pois como sempre digo: a nossa cidade respira o agronegócio”, afirma Elizabeth. A entidade que há anos participa da feira, nesta edição traz no projeto Casa da Aced, um espaço com foco no empresário que busca integração e informação. A programação inclui capacitações, workshops, entre outras atividades. O presidente da Faems (Federação das Associações Empresariais de Mato Grosso do Sul), Alfredo Zamlutti Júnior, acredita que o projeto deve ser considerado a casa do comerciante na exposição e é exemplo de um processo de reinvenção pelo qual devem passar as associações comerciais do Estado. “Considero a Casa da Aced como a coroação do mandato da Elizabeth, porque ela fez a Aced diferente”, afirma. Na cerimônia de abertura da Casa da Aced realizada na noite de sexta-feira (10), o presidente do Sindicato Rural de Dourados, Lúcio Damália, voltou a afirmar que a presença da associação na Expoagro é a “cereja do bolo”, fazendo referência à complementação entre comércio e campo. “Comungamos dos mesmos ideais”, disse ele. O evento contou com a palestra “Sapé e a Evolução do Agro Brasileiro”, ministrada pelo secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, no auditório do Sindicato Rural. Ele mostrou um panorama do agronegócio no país e o modelo de gestão inovador implantado na Sapé Agropastoril, para autoridades, produtores rurais e empresários. Para Riedel, é importante compartilhar informação unindo setores da economia, no sentido de atuar para mais competitividade. “Tanto o setor produtivo quanto o comércio, serviços, de uma maneira geral pactuam dos mesmos valores, da livre iniciativa, do direito à propriedade, da competitividade de seus setores, que envolvem infraestrutura, o sistema tributário brasileiro. Essa junção de valores e interesses em comum soma esforços no sentido de buscar melhores resultados”, afirmou. A programação da Casa da Aced continua até o dia 19 de maio, no Parque de Exposições João Humberto de Carvalho, durante a 55ª Expoagro. A agenda está disponível no portal da Aced (www.aceddourados.com.br), Facebook (fb.com/aced.dourados) e Instagram (@aceddourados).