Notícias

  • Jul

    19

    2019

Aced coordena Comissão que reivindica retomada de verba do Aeroporto

A Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados) coordenará uma Comissão Mista de Conselheiros que vão vigiar assuntos estratégicos para o desenvolvimento de Dourados, a começar pela retomada dos recursos cortados da obra do Aeroporto Regional Francisco de Matos Pereira. A medida foi decidida em reunião no plenarinho da Câmara de Vereadores, na manhã desta sexta-feira, dia 19. A Comissão será composta por representantes de entidades de classe, empresários, políticos, Prefeitura de Dourados, Câmara de Vereadores, Clube de Imprensa e Udam (União Douradense das Associações de Moradores). Terá o papel de apresentar, reivindicar e acompanhar ações junto à Bancada Federal de Mato Grosso do Sul, Governo do Estado e Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). O presidente da comissão, Domingos Venturini, que é Diretor de Assuntos Estratégicos/Aeroporto da Aced, ressalta que a primeira ação será cobrar pela retomada da verba cortada da obra do aeródromo douradense. “O próximo passo será elaborar um documento para encaminhar a toda bancada de Mato Grosso do Sul, cobrando empenho nisso. Depois essa comissão ficará permanente para qualquer assunto que venha a ser tratado, envolvendo o desenvolvimento de Dourados e região”, afirma. O diretor ressalta que a Aced convocou a classe política douradense para tomar frente para que a reforma do Aeroporto não seja prejudicada, sendo a reunião na Câmara de Vereadores com resultado muito positivo e participação de diversas entidades. O encontro foi organizado pela Casa de Leis. O motivo do encontro foi o comunicado oficial publicado pelo Governo Federal no Diário Oficial da semana passada, em que foi anunciado um corte de R$ 1,2 bilhão em recursos programados no orçamento. Dentro desse montante, estavam os R$ 30 milhões que seriam destinados às obras do Aeroporto douradense. A reunião realizada para tratar sobre o corte de verbas teve uma explanação técnica do administrador do Aeroporto, Juliano Domingos, do Diretor da Aced e do assessor de Assuntos Estratégicos da Prefeitura de Dourados, José Elias Moreira. Eles detalharam sobre a reforma e a demanda do aeródromo municipal. Entre 2014 e 2015, quando duas companhias operavam no município, o movimento chegou a superar as 10 mil pessoas por mês. Atualmente, com apenas a Azul Linhas Aéreas e seus dois voos diários, o movimento é de 6 mil passageiros mensalmente, sem contar as aeronaves particulares. Com o início da operação pela companhia Gol, a tendência é que o movimento volte a subir. O presidente da Câmara, Alan Guedes, anunciou que um documento com o resultado da reunião será entregue na segunda-feira, dia 22, ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta em Campo Grande, em agenda que ele participará junto com o governador Reinaldo Azambuja. De acordo com divulgado pela Casa de Leis, o presidente acredita que é importante aproveitar essa sintonia do ministro junto ao presidente Jair Bolsonaro. “Vamos fazer chegar ao chefe da Casa Civil, ministro Onix Lorenzoni, essa preocupação de Dourados, da mesma forma que iremos acionar a bancada do Estado em Brasília, nossos representantes na Assembleia Legislativa, o governador Reinaldo Azambuja e o nosso vice-governador e secretário estadual de Infraestrutura, Murilo Zauith, além de reforçar ao secretário nacional da Anac (Agência de Aviação Civil do Governo), Raul Glauzmann, a confiança de que a fala dele, de que os recursos não serão desviados da obra do aeroporto, como disse em evento nesta quinta-feira (18) em Campo Grande, será materializada com a garantia dessas emendas de bancada para atender nossa prioridade", afirma Guedes.